A Metafísica da Depressão – ALQUIMIA - Escola de Lucifer
Dezembro 2, 2023
Subscribe
Notify of
guest

43 Comments
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vanderson PSN

Muito bom.
Deu pra entender perfeitamente.
Gratidão mestre
Luz pra nós 🙏

Dri

Compartilhando
Acho esse tema importante, muitos passam por isso e muitos de nós já passamos. Vejo como dever nosso ajudá-los.

Luz pra nós, Roma🌚💗
Obrigada pela parceria
Deus abençoe sempre!

✨Conteúdo do podcast

Perguntas espontâneas em vídeo dão um feedback melhor? Ajuda mais pessoas?

📚 Sua mãe trouxe a tona.

Testemunha de Jeová – jornalzinho sentinela e despertai

Vantagens em ser membro

Conhecimento basico não é cobrado

Teritocracia – moeda própria

❓COMENTA O QUE VOCÊS ACHAM DESSE FORMATO

Conteúdo se aplicado terá resultados

Fiquem com Deus
Luz p’ra nós 🍎

Josevar de Sousa

Luzpranos

LuanaAK13.

Gratidão Mestre! Luz p’ra nós!

Josevar de Sousa

Luzpranos Mestre!!

Italo Alcântara ☥

Luz p’ra nós!

wsilvaedl

Luzpranos

Répto Guto

Luz p’ra nós.

Daemon Silverstein

Estou passando por depressão. Na realidade, no passado minha depressão já foi bem pior, com tentativa de suicidio. Já tomei medicação, Paroxetina (um medicamento que supostamente tenta regular neurotransmissores, como o mestre menciona no áudio-vídeo), na época receitada para a ansiedade que também tinha, só que isso mais prejudicou que melhorou, pois eu ficava dopado, impossibilitado de raciocinar (ainda mais que eu trabalho com programação e matemática). Na época perdi até o emprego por conta da baixa produtividade gerada pela medicação, o que me levou ainda mais à depressão, apesar do medicamento. Só fui melhorar bastante quando mudei de cidade (morava na região interiorana de Ribeirão Preto – SP, e em 2019 vim pra Jundiaí), mas logo vieram outras situações que me voltaram a um quadro depressivo, porém “leve”, como as situações a nível global que ocorreram pouco depois de minha vinda pra cá.

São vários os motivos que me levam à depressão, que não se manifesta a todo momento, mas em ondas, como numa bipolaridade. Diria que o principal motivo é olhar pra mim mesmo e ver que, com 28 anos, deixei de viver e aproveitar muitas coisas, um pouco pela superproteção por parte dos meus pais, e pela falta de encaixe social, sempre fui o esquisitão. Não tive amigos, não tive relacionamentos, não experimentei muitos riscos, não conheci muitos lugares, sendo sempre caseiro, introvertido, e no começo, tímido e antissocial. Amigos que achei serem, depois descobri que era tudo interesse. Na escola, só eram “amigos” para que eu, como um trouxa, me afundasse nos estudos para realizar e entregar mastigado seus trabalhos escolares de grupo. É, eu era aquele rapaz que tem em quase toda classe que, quando o sinal do recreio toca e a professora pergunta se ficou alguma dúvida, é o que levanta a mão, o “CDF” da escola. No trabalho, “amigos” quando era pra eu ajudar em alguma demanda. Online, onde boa parte da minha vida tem se passado desde os 8 anos de idade, “amizades” virtuais que foram até duradouras, até envolver interesses carnais que levariam essas “amizades” a trair minha confiança. Enfim, eu poderia listar muito mais coisas aqui, falar mais sobre mim (e meio que sou um livro aberto nesse sentido), mas o comentário já está grande.

“Resumo da ópera”: recentemente tenho ido a um psicanalista, mas que não sei se está ajudando muito, já que no final das contas as “respostas” do psicanalista tem sido questões que nem os grandes filósofos do passado conseguiram responder, questões existenciais e sentimentais. Minha participação na Escola tem me auxiliado com as sábias palavras dos mestres e irmãos, com os desdobramentos que tenho tido, vencendo medos (como o medo ao próprio nome da Escola, vindo de uma crença onde “Lucifer” era visto tipo como um “Voldemort”, que não pode ser nomeado; ou ainda de achar que chamar alguém de “mestre” é pecado) mas um lado de mim questiona meu próprio inconsciente quanto à minha participação, se tem sido uma participação realmente engajada espiritualmente, ou se minha participação tem sido uma forma do meu inconsciente tentar preencher um vazio, eu não sei. O fato é que eu tenho buscado respostas, e muitas dessas respostas são questões difíceis de responder, muitas das quais eu nem sequer consigo formular, tipo, questões internas que eu sinto que me geram dúvida mas não tenho a capacidade de transformá-las em palavras. Enfim, novamente, poderia detalhar mais, contar mais sobre mim, mas meu comentário está grande. Luz p’ra nós!

Daemon Silverstein

Por mim tranquilo mestre!

Gratidão pelo conteúdo!
só não consegui ver o vídeo do tiktok, mas é só um detalhe
Luz p’ra nós!

Pedro duzero kalil

Luz pra nós!

Tatiely

Gratidão pelos ensinamentos Mestre!
Luz p’ra nós!🕯️✨🙏

Leonardo Moreira EDL

Salve, Mestre.
Luz p’ra nós!

José

Luz pra nós

Luiz Cláudio Da Paixão

Luz p’ra nós!

Luz p’ra nós!

Hebert Silva

Me ajudou a assimilar bastante coisa sobre esse momento Mestre, gratidão, Luz p’ra nós.

Shirley Dias de Oliveira

Também estou lidando com um quadro de depressão e ansiedade, inclusive tratando com cannabidiol o que gerou uma melhoras significativa nas sensações agoniantes, tbm faço terapia e unindo ao conhecimento da escola estou conseguindo lidar com esse momento, não é fácil, mas é um momento que muita gente ta segurando e a gente ajuda a dividir o peso buscando sempre ferramentas que conduzam o coletivo a passar por esses momentos e encontrar a coerência viva.
Gratidão mestre Leandro.
Luz p´ra nós

Márcio Vieira ☥

Gratidão.
Luz p’ra nós!

Lucas Schwarzbold

Luz p’ra nós!

Daniela Cristina

Muito bom. Valeu pelo post!

Mateus Oliveira

Luz pra nós!

Matheus Perez

Luz p’ra nós!

Luz p´ra nós

error

Gostou do site? Espalhe a Verdade!

43
0
Would love your thoughts, please comment.x